Vamos falar sobre TOC?

O transtorno obsessivo-compulsivo, conhecido popularmente por TOC, é um estado mental que deriva da ansiedade. Sua principal característica é a presença de crises recorrentes de pensamentos obsessivos, intrusivos e em alguns casos comportamentos compulsivos e repetitivos

toc

Esta semana assisti um filme chamado Toc Toc, uma comédia que tem como pano de fundo pessoas portadoras de transtorno obsessivo compulsivo ou TOC. Mesmo se tratando de uma comédia, vi ali cenas de sofrimento, onde outros temas foram abordados, como: a incompreensão da sociedade acerca do transtorno, o constrangimento sentido pela pessoa portadora, a dificuldade de falar sobre o tema. Tudo isso me mobilizou a escrever alguns posts que possam esclarecer e ajudar na compreensão acerca do assunto.

O transtorno obsessivo-compulsivo, conhecido popularmente por TOC, é um estado mental que deriva da ansiedade. Sua principal característica é a presença de crises recorrentes de pensamentos obsessivos, intrusivos e em alguns casos comportamentos compulsivos e repetitivos.

Essas obsessões são pensamentos, impulsos ou imagens indesejáveis e involuntárias, que invadem a consciência causando ansiedade severa ou desconforto e obrigando a pessoa a executar rituais ou compulsões, que visam amenizar a ansiedade ou sanar o pensamento obsessivo.

O TOC possui uma diversidade de sintomas ou manias: medo de contaminação, mania por limpeza, dúvidas excessivas, checagens exageradas, necessidade de ordem ou simetria, pensamentos de conteúdos inaceitáveis (violência, sexo), acúmulo de objetos, rituais, dentre muitos outros sintomas. Geralmente, a pessoa portadora de TOC, possui mania que prepondera em sua vida e atrapalha consideravelmente sua rotina, comprometendo de forma significativa sua qualidade de vida.

mulher-com-transtorno-obsessivo-compulsivo

No Brasil, cerca de 2% da população, apresenta sintomas relacionados ao TOC, sendo considerada o 4º diagnóstico psiquiátrico mais frequente na sociedade. Conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), até o ano 2020 o TOC estará entre as dez causas mais importantes de comprometimento por doença.

Sendo assim, é muito importante que falemos sobre esse tema, visando esclarecimento e também uma maior aceitação para com as pessoas portadoras desse transtorno, que gera prejuízos significativos nas suas relações interpessoais, seja no âmbito familiar, profissional ou social.

Quer ler mais artigos como esse? Acesso nosso blog para conferir matérias exclusivas sobre Eneagrama, Psicologia, Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Humano.

Posts Em Destaque