Entendendo um pouco a CNV.


Uma das perguntas que me fazem nos grupos de comunicação não violenta, é como fazer para conversar com quem não conhece CNV. Como podemos dialogar com quem não conhece os quatro passos ou não sabe o que é empatia.


O que posso dizer é que a CNV não é uma técnica que todos precisam aprender para viabilizar o diálogo. Trata-se de uma linguagem que nos ajuda a decodificar a fala da outra pessoa através da conexão empática.


Assim, à medida que o outro fala, mesmo que desordenadamente, não vamos escutar seus pensamentos, mas seus sentimentos, ponte para a compreensão profunda de suas necessidades. É através dessa conexão que escutamos seu mundo interno, o que precisa ser cuidado.


Escutamos o que está vivo naquela pessoa e não o que pensam sobre nós. Essa é a beleza da conexão empática, que nos coloca genuinamente em um movimento humano e compassivo, conosco e com o outro.

Posts Em Destaque