METODOLOGIAS

 

O ENEAGRAMA

O Eneagrama apresenta nove personalidades centrais (Eneatipos) e também as suas três variações instintivas: conservação, social e um a um. Em cada um dos nove tipos, são reveladas as motivações inconscientes e as razões por trás das escolhas já automatizadas, suas manifestações mentais e emocionais que influenciam os diversos padrões de comportamento.

A PARTIR DOS NOVE TIPOS PSICOLÓGICOS,

PODEMOS COMPREENDER COM PRECISÃO:

  • As motivações que originam cada perfil psicológico;

  • As crenças limitantes (pensamentos fixados e vícios emocionais) que dificultam o desenvolvimento de habilidades e potencialidades.

mandala-completa.png

ENEAGRAMA ORGANIZACIONAL

O Eneagrama tem revolucionado empresas no mundo todo ao trabalhar líderes e equipes com resultados impressionantes, tendo se revelado a ferramenta mais transformadora do comportamento e da cultura organizacional.

 

Ao trabalhar as crenças limitantes dos Eneatipos, o Eneagrama permite que líderes desenvolvam a inteligência emocional, tomem consciência, planejem e desenvolvam seus gaps, mas que também potencializem suas virtudes de liderança em conexão direta com o propósito da organização.

 

O Eneagrama nos mostra de forma rica e singular as virtudes interiores que possuímos, mas que não temos consciência. É o start ideal para todo trabalho de desenvolvimento de equipes e líderes, agregando valor aos processos de coaching, mentoring, PNL e demais ferramentas comportamentais.

"Dentre todas as aspirações que um homem pode ter, a mais adequada é o de ser dono de si mesmo, porque sem isto nada é possível ."

G. GURDJIEFF

ENEAGRAMA IN COMPANY: MÓDULO 1

AS NOVE FACES DA PERSONALIDADE

Os centros de inteligência (emocional, prático e mental) e estilos de aprendizagem aplicados ao trabalho; 

As variantes instintivas (conservação, social, um a um) e sua influência nas relações de trabalho; 

Os nove perfis psicológicos do eneagrama: motivação, crenças limitantes, fixações emocionais e mentais;

Os vinte e sete subtipos do eneagrama, aprofundando as tipologias e mapeando o perfil psicológico;

eneagrama-fortaleza-workshop.jpg.png
eneagrama-fortaleza-curso.jpg

ENEAGRAMA IN COMPANY: MÓDULO 2

OS NOVE ESTILOS DE LIDERANÇA

Perfil de atuação;

Foco de atenção;

Motivação e valores;

Estilo de comunicação e feedback;

Estilo de relacionamento com equipe;

Estilo de gestão do tempo e produtividade;

Estilo de negociação e conflitos;

Ambiente de trabalho desejado;

Limites, possibilidades e desafios.

eneagrama-fortaleza-modulo1.jpg

ENEAGRAMA IN COMPANY: MÓDULO 3

O MAPA DO DESENVOLVIMENTO DA LIDERANÇA COM ENEAGRAMA

Através de uma vivência rica e intensa no tapete do Eneagrama, o participante irá mapear o caminho de desenvolvimento da sua perfomance como líder, através dos Eneatipos auxiliares (asas e flechas), visando identificar as habilidades que precisam ser integradas para uma gestão mais assertiva e orientada para o resultado.

 

A COMUNICAÇÃO NÃO VIOLENTA

A Comunicação não violenta se baseia em habilidades de comunicação e linguagem, que possui como foco principal a conexão autêntica entre as pessoas, preservando a dignidade e a humanidade da relação. Ela nos ajuda a preservar a consciência do que estamos percebendo, sentindo e desejando enquanto nos comunicamos. A esse processo damos o nome de comunicação consciente ou comunicação empática, por ser sustentada pela honestidade e empatia, com si mesmo e com o outro.

 

Vivenciar a comunicação empática possibilitará conexões interpessoais mais saudáveis, assertivas e produtivas, contribuindo positivamente para que cuidemos dos conflitos vivenciados nas relações pessoais e profissionais de forma consciente e honesta, respeitando a si mesmo e ao outro, nutrindo um ambiente corporativo que gere resultados positivos e que floresça a vida.

Seja a mudança que você quer ver no mundo.

MAHATMA GANDHI

ATRAVÉS DA CNV, É POSSÍVEL:

  • Desenvolver a soft skill comunicação, através da empatia;

  • Nutrir conexões interpessoais de qualidade, de forma honesta e compassiva;

  • Aprimorar a capacidade de dar e receber feedback;

  • Aprimorar a habilidade de transformar conflitos;

  • Desenvolver práticas saudáveis de reconhecimento e valorização;

  • Exercer o papel social, contribuindo para a diminuição da violência visível e invisível, nas relações interpessoais.

O QUE É ESTUDADO:

CONTEXTO GERAL:

Princípios da não violência proposta por Gandhi;  A Comunicação Não Violenta proposta por Marshall Rosenberg e a Cultura de paz proposta pela UNESCO.

CONTEXTO ORGANIZACIONAL

A comunicação interpessoal e sua influência nas relações de trabalho no contexto VUCA.

GESTÃO DAS EMOÇÕES E A METÁFORA DO CHACAL E DA GIRAFA

A comunicação que inspira e a comunicação que bloqueia a conexão.

A CONEXÃO EMPÁTICA

Aprendendo a dar e receber empatia.

A ESSÊNCIA DA CNV

Observar sem avaliar, identificar as necessidades, assumir os sentimentos, elaborar o pedido.

A ÁRVORE DA VIDA NA CNV

A compaixão pelo o outro começa em mim.

Sendo mudança que desejamos para o mundo.

AUTOCONEXÃO

GRATIDÃO

Valorização e reconhecimento através da CNV.